NOSSA HISTÓRIA
Foto: Elo Paroquial
A idealização e a elaboração do projeto se deram com a colaboração do pároco da época, Pe. Odilon, juntamente com pessoas de nossa comunidade paroquial, em dezembro de 1996.

Em maio do ano 2000 a Fundação Santa Luzia recebeu a outorga permissão para executar o serviço de radiodifusão sonora em frequência modulada, com fins exclusivamente educativos na cidade de Carangola, tendo o ato sido aprovado pelo Congresso Nacional em 2001.

Em abril de 2002 foram aprovados o local de instalação e utilização dos equipamentos da Fundação Santa Luzia, permissionária do serviço de radiodifusão sonora em frequência modulada no canal 244-E, na frequência 96,7, com 300w de potência.

Após a aprovação dos locais de instalação de equipamentos e do sistema irradiante, por parte de Delegacia Regional do Ministério das Comunicações, e também do envio do projeto do ‘Sistema de Ligação Estúdio Transmissor’, para a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), a Fundação Santa Luzia havia cumprindo todas as etapas burocráticas rumo a sua implantação. Agora tendo em vista a obrigatoriedade de cumprir os prazos estabelecidos pelo ministério das comunicações.

A obra de construção dos estúdios e torre/antena teve início em marco de 2003. Erguida com a contribuição espontânea da comunidade, a Paróquia de Santa Luzia se viu forçada a paralisar, temporariamente, as obras de construção da Igreja de Nossa Senhora Aparecida, hoje Paróquia.

Em julho de 2005, Dom Hélio, na época, bispo diocesano, visitou e intercedeu a benção aos equipamentos e profissionais da Rádio Educativa FM, que já estava operando e caráter experimental desde 28 de maio daquele ano.